Chá revelação de harmonização facial viraliza: ‘Anitta é minha inspiração’!

Há cerca de um mês, o jornalista baiano Charles Pereira Teixeira, de 30 anos, foi surpreendido por mais um “chá de revelação”. O evento, tradicionalmente organizado para descobrir o sexo do bebê, tem outro foco desta vez. A ideia é mostrar pela primeira vez a Teixeira como seu rosto mudou após passar por um procedimento estético de coordenação facial.

A surpresa foi organizada pela clínica que fez o procedimento. O vídeo com o momento da revelação tem sido compartilhado nos últimos dias em diversas redes sociais. Somente no TikTok, o vídeo publicado no perfil de Teixeira na quinta-feira (31) teve mais de 402 mil visualizações.

As imagens mostram Teixeira diante de outras pessoas, primeiro de costas para uma parede de espelhos, ao som da música “Just The Way You Are” (Do jeito que você é, em tradução livre), do músico Bruno Mars. Depois, ele é direcionado a virar de frente para o espelho. Ele, então, parece se surpreender e ficar feliz com o resultado.

O valor sempre foi um problema para Charles. Harmonizações faciais custam entre R$ 10 mil e R$ 20 mil — ou até mais. O procedimento de Charles só foi possível porque, segundo sua versão, ele foi sorteado por Nayane Pacheco, identificada como “Dra Nayane Pacheco” nas redes sociais, que faz os procedimentos em uma clínica em São Paulo.

“Esse vídeo aí é um curso que eu ministro de harmonização facial e essas pessoas são os alunos. Quando o paciente vira para se olhar no espelho, foi uma forma que encontrei para gerar essa expectativa”, afirmou a profissional que realizou o procedimento em Charles.

A ideia de fazer o chá revelação foi da própria Nayane, conta Charles Teixeira. “A música já é um padrão da clínica e foi dado o nome ‘chá revelação’. Não havia outro nome. Estava ansioso. Entrei de costas, não vi nada para, então, filmar seu impacto, ver a mudança”, relata.

Há comentários que zombam da situação e ironizam o jornalista. Inspirado em Anitta, o jornalista usa uma frase clássica para dizer que ignora os comentários negativos: “Falem bem, falem mal, mas falem de mim. Existem pessoas mal-amadas, que se sentem felizes com a infelicidade alheia. Não vou entrar nesse jogo deles”.

Via: www.noticias.uol.com.br